Um dia você percebe…

seguir-em-frente

Que não adianta correr atrás,
Querer fazer o jogo do difícil para ser notado,
Mandar mensagem pelo celular, sms ou whatsApp.

Que não adianta encontrar com a pessoa por acaso e fingir-se forte,
Perder noites de sono pensando “o que eu fiz de errado?”
Ou perder noites de sono pensando “o que eu posso fazer para que dê certo?”.

Que não adianta esperar por um sinal de vida,
Um cartão postal, um e-mail, uma simples consideração,
Ou um sinal de respeito, o mínimo.

Que não adianta saber esperar, (ou ter parcimônia, para os mais antiquados),
Procurar no face indícios ou pistas de qualquer coisa que te machuque,
Achar a coisa que te machuque e sentir mais pena de si mesmo.

Que não adianta ser ou não você pois não fará diferença,
Nesse momento você se dá conta que não pode querer por dois,
E que nada pode ser feito.

Um dia você percebe….
Que o jeito é seguir adiante.

– B.J.